Estágio - Palavra da Vida Caldas

"Meu nome é Matheus, tenho 18 anos e faço o CLD. Como moro em Goiânia, acabei fazendo o estágio de meio de ano no PV Caldas. Eu já frequentava a PV Caldas há algum tempo com minha família na época do carnaval, mas ia como hóspede, nunca havia ido de equipante. Então, só de estar lá para mim já estava sendo muito bom e muito empolgante. Fiquei em dois setores: livraria e líder de sala dos juniores junto com uma amiga do CLD (o que já foi uma surpresa, já que nunca havia sido equipante).

Foi uma experiência inesquecível, aprendi muito mais do que ensinei, e ensinei muito. Graças a Deus, ao final de cada semana, eu via o tanto que Deus havia trabalhado no coração de cada criança ali. Foram muitas experiências que me fizeram ver o tamanho de Deus e ficar mais uma vez impressionado como é grande o amor dEle por cada um.

Em especial, uma experiência me marcou muito na segunda semana. Ao final de cada semana, cada sala preparava um vídeo de apresentação do que havia sido feito naqueles dias. Por falha minha, por deixar tudo para a última hora, acabou que na primeira e na segunda semana não conseguimos mostrar o vídeo. Porém, em especial na segunda semana, fiquei muito decepcionado comigo mesmo, pois eu havia falhado de novo; além disso, vários pais ali queriam muito ver o vídeo e realmente expressaram decepção ao final da apresentação dos juniores quando viram que o vídeo não havia sido feito. Nisso, eu fui para trás de onde todos estavam sentados e chorei e pedi perdão para Deus pelo que havia acontecido e estava muito chateado. Então veio uma aluna minha perguntar o porquê de eu estar triste, e eu expliquei e pedi perdão para ela. Ela disse, “Não, tio. Não é pra você ficar triste. Hoje é nossa brincadeira noturna, e você tem que ficar feliz.” Eu fiquei bobo na hora e fiquei mais bobo ainda quando ela continuou: “Você não lembra o que foi a aula hoje de manhã?! Você não lembra o que eu falei no vídeo?! Não importa a circunstância, a gente tem que estar sempre grato e feliz a Deus e confiar nEle”. 

Eu fiquei muito emocionado nessa hora porque, além de ter visto como Deus trabalhou a vida daquela aluna, eu pude ver a graça dEle, pois ela havia sido adotada havia apenas 7 meses, e antes disso ela já havia morado na rua e tivera que se virar por um tempo. Ela me ensinou o que eu ensinara a todos.

Muitas vezes Deus fala conosco usando a pessoa que menos esperamos, e assim Ele demonstra Seu amor e Sua graça a cada dia mais. Agradeço a Deus por cada dia que passei naquele lugar e por cada dia que tenho passado aqui no CLD, cada dia aprendendo uma coisa nova e entendendo melhor e vendo o grande e misericordioso amor de DEUS na minha vida.

Agradeço ao Senhor por ter essa oportunidade de aprender tanto, e assim louvá-lO cada vez mais. Se você tem dúvidas sobre o CLD, se deve fazer ou não, não tenha. Eu achava que era desperdiçar um ano na minha faculdade, na minha carreira e tudo mais, mas vi que estou ganhando vários anos de experiência e me fortalecendo no Senhor a cada dia mais." Matheus Casale, Palavra da Vida Caldas Novas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário