Ansiedade e Frustração



Às vezes, ficamos ansiosos e não sabemos como lidar com a ansiedade. Ficamos ansiosos quanto a decisões, ao ministério futuro, a tempos de espera por algo que queremos muito e que às vezes queremos na hora. Eu particularmente tenho muito problema com esse assunto, porque eu sou muito ansiosa, e, às vezes, quero fazer as coisas do meu jeito e na hora que eu quero, esquecendo-me que tenho que entregar nas mãos de Deus e confiar. Temos que compreender que o descanso verdadeiro provém da confiança em Deus e das Suas promessas. Ou seja, temos que guardar nosso coração da incredulidade e deixar que o temor do Senhor esteja sempre no controle de nossa vida. Quando permitimos que a nossa ansiedade nos domine, estamos acreditando que Deus não se importa conosco e que Ele não tem o melhor para nós, que Ele não irá cuidar das situações que estão nos tirando o sono ou que Ele não é fiel.
Filipenses 4.6-7 diz: "Não andeis ansiosos de coisa alguma: em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graças. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o vosso coração e a vossa mente em Cristo Jesus."
A nossa ansiedade coloca em dúvida tudo o que se encontra nesse versículo, que diz que não precisamos ficar ansiosos por nada. Antes devemos somente entregar a nossa ansiedade para Deus, porque Ele cuidará de tudo e nos trará uma paz que excede todo o nosso entendimento. A ansiedade coloca em dúvida também o amor, a sabedoria e as promessas de Deus, e essa nossa preocupação intensa, mesmo quando sabemos que devemos confiar em um Deus que é tão poderoso para fazer qualquer coisa, caracteriza que somos pessoas de "pouca fé". Muitas vezes, ficamos ansiosos demais porque Deus demora a nos responder algo que queremos muito e há muito tempo. E isso nos faz achar que somos autossuficientes a ponto de querer fazer as coisas do nosso jeito, assumindo o controle da nossa vida e colocando Deus de lado, quando na verdade Ele deveria estar à frente assumindo o total controle de nossa vida.
A ansiedade é algo que nos deixa tristes e frustrados a ponto de nos isolarmos das pessoas ou de nos irritarmos quando as coisas não saem do jeito que queremos e percebemos que estamos perdendo o controle. Ela prejudica os nossos relacionamentos e prejudica o nosso corpo, pois nos deixa em um nível de estresse tão grande a ponto de tensão muscular, gastrite, etc.. Às vezes, passamos noites e noites em claro por conta da nossa ansiedade, deixamos de fazer as coisas com excelência, deixamos de ter energia. Às vezes, ela prejudica também o nosso humor, que varia conforme o andamento das coisas; às vezes, estamos irritados, desanimados, agitados ou muito quietos, o que nos lembra que deveríamos ter domínio próprio, para que nossa tristeza não seja algo tão visível, ou seja, para que confiemos em Cristo de forma profunda, entregando a Ele toda a nossa ansiedade e esperando que Ele cuide de tudo.
Para lidar com a ansiedade devemos confiar que Ele está no controle da situação; que Deus tem o melhor para nós; que a Sua vontade é boa, perfeita e agradável e que ela é sempre melhor do que a nossa; que as coisas devem acontecer no tempo maravilhoso de Deus. Por isso, não devemos deixar que a ânsia por resolver os problemas da nossa maneira nos consuma, de forma que deixemos de praticar o tipo certo de preocupação, que é nos preocuparmos com as coisas de maneira que isso não tire o foco de que Deus tem que ser o centro da nossa vida e que Ele é poderoso para nos ajudar em nossos problemas.
Filipenses 4.4 diz: "Alegrem-se sempre no Senhor. Novamente direi: Alegrem-se! As circunstâncias da vida mudam, mas o Senhor não muda. Nossa alegria deve estar no Senhor, nas verdades bíblicas a respeito do Seu caráter e atuação, e não nas circunstâncias. [1] Ou seja, nossa alegria deve estar sempre no Senhor e devemos confiar nEle, as coisas dando certo ou não. Nossa ansiedade será vencida a partir do momento em que confiarmos verdadeiramente em Deus. Devemos ter plena confiança nEle, e praticar aquilo que sabemos para que recebamos a paz que vem de Deus como afirma Filipenses 4.9. Devemos ter dependência completa no Senhor. Devemos acreditar e confiar quando Ele afirma em Mateus 6.33: "buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas." Devemos acreditar que Ele sabe tudo aquilo de que precisamos e nos suprirá de acordo. Devemos priorizar o Senhor em nossa vida e ter plena satisfação nEle, procurando ser humildes na presença do Senhor e entregando nossa vida, para que Ele tenha total controle; trocando nossa ansiedade por coisas terrenas e buscando voltar nosso foco para Aquele que merece toda a nossa atenção. Quando buscarmos colocar as coisas do Reino antes da nossa ansiedade, daremos um passo a mais para vencer a nossa ansiedade.



Este artigo foi escrito pela aluna do CLD 2016, Thalyta Jardim para a aula de Ética Pessoal. 




Nenhum comentário:

Postar um comentário